Balanço da greve aos serviços mínimos

0
75

Colegas, APESAR do clima de intensas ameaças que se tem sentido nas Escolas, temos conhecimento que, nos anos abrangidos pelos serviços mínimos, houve sobretudo simulacros de reuniões de avaliação (milhares de pautas não assinadas pelos diretores de turma e secretários, atas com declarações de irregularidades várias durante a reunião, conversão de propostas em notas, etc..) e temos conhecimento, TAMBÉM, de muitas reuniões de avaliação incluídas nos serviços mínimos que NÃO SE REALIZARAM DE TODO!

NEM COM OS SERVIÇOS MÍNIMOS CONSEGUIRAM DERROTAR OS PROFESSORES!

Concluindo colegas, a nossa greve histórica CONTINUA até dia 31 de julho (o pré-aviso de greve do S.TO.P. em vigor é de 2 a 31 de julho).
E ATENÇÃO os serviços mínimos acabaram dia 5 de JULHO (e já não podem ser mais decretados até 31 de julho)!

JÁ PASSÁMOS O PIOR, AGORA VAMOS PRESSIONAR O ME ATÉ QUE NOS DEVOLVA O QUE É NOSSO! (de outra forma podemos perder todo o nosso esforço de mais de um mês).

Foto de S.TO.P.