Balanço da reunião com o PSD a 27 de março

0
1810

Ontem, 27 de março, ocorreu a reunião entre uma delegação do S.TO.P. (juntamente com dois colegas representantes dos promotores da ILC) e o grupo parlamentar do PSD.

O PSD reiterou que a sua posição é que todo o tempo de serviço tem de ser contado. Ressalvou no entanto, que a sua posição vai ser ponderada tendo em conta a sustentabilidade da medida. Refere que o governo continua a recusar-se a disponibilizar os dados que “justificam” a versão dos 600 Milhões.

Sobre o diploma do governo dos 2 anos, o PSD considera-o um documento mal formulado tecnicamente, aberto às ultrapassagens, e que acentua as desigualdades entre os professores das ilhas e os do continente. Quanto à ILC o PSD considera que não será aprovada mas reconhece que o Parlamento sai com uma má imagem neste processo (tendo em conta as sucessivas falhas/bloqueios do parlamento prejudicando a ILC).

Reafirmamos que, além do que sempre denunciámos sobre esta grande injustiça/roubo que motivou nomeadamente tantas lutas e a própria ILC, milhares de professores (e as suas famílias) não compreenderão se o PSD a 16 de abril não tiver uma posição inequívoca ao lado da contagem de todo o tempo de serviço docente (algo que infelizmente poderá acontecer face às recentes declarações do líder do PSD sobre esta questão: https://escolapt.wordpress.com/2019/03/27/grandes-esperancas-no-psd/ .

Entretanto o S.TO.P. pretende continuar a sensibilizar outros partidos com assento parlamentar (enviámos convite a todos) e já recebemos uma resposta positiva para reunir para a semana com o grupo parlamentar do CDS.

O S.TO.P. continuará a lutar em todas as frentes (rua, escolas, parlamento, tribunais, etc) em defesa de RESPEITO e JUSTIÇA para quem trabalha nas Escolas!