Denúncia na Secundária de Sacavém

0
240

No último dia de aulas, elementos da comunidade educativa denunciaram a degradação e a insegurança que se sente na Secundária de Sacavém (infelizmente sabemos que é representativo do que se vive em muitas Escolas por todo o país).

Apenas dois exemplos: estruturas de fibrocimento com AMIANTO tão DEGRADADAS que quando chove a água atravessa-as e pinga em cima das mesas da cantina onde os alunos almoçam (água com risco significativo de conter amianto) ou o facto de durante TODO o 1°.Período, esta Escola TEIP ter estado sem NENHUM funcionário a vigiar os pátios durante os intervalos (o que naturalmente potencia os fenómenos de violência e sentimento de impunidade dos agressores). Tudo isto (e infelizmente muito mais exemplos de degradação) numa Escola situada apenas a 3Km de onde se realiza a Web Summit…

Brevemente iremos publicar o documento aprovado pelos Profissionais da Educação desta Secundária (numa reunião sindical do S.TO.P.) que irá ser enviado para o Ministro da Educação (com conhecimento do Primeiro Ministro e Presidente da República).

Dizem sempre que não há dinheiro para investir no Ensino mas hoje mais uma vez ficámos a saber que o governo irá injectar 600 milhões de euros para o Novo Banco…

CONTINUAMOS a exigir RESPEITO e JUSTIÇA para TODOS que trabalham (e estudam) nas Escolas e tudo faremos para que 2020 seja um ano de MUDANÇAS POSITIVAS.

Nota: nos primeiros comentários a este post encontra-se uma pequena reportagem fotográfica do que se passou hoje na Secundária de Sacavém.