Não à violência! Protesto da comunidade educativa (Queluz)

0
237

Cordão humano – com professores, funcionários e alunos – na Escola Básica 2,3 Professor Galopim de Carvalho contra a violência e o S.TO.P., mais uma vez, esteve PRESENTE.

No passado 21 de outubro um professor foi brutalmente AGREDIDO dentro desta escola por um adulto (familiar de um aluno). Infelizmente foi apenas mais um caso de um profissional da educação agredido (em Valença foram agredidos vários professores e funcionários).

Ministério da Educação com dois pesos e duas medidas: enquanto foi célere a atuar e a tomar posição sobre a agressão de um professor a um aluno, continua com um silêncio vergonhoso perante os inúmeros casos de professores e funcionários agredidos!

ONDE ESTÁ O MINISTRO DA EDUCAÇÃO que dizia “defender radicalmente os professores”?

Declarações do nosso porta-voz:

https://sicnoticias.pt/pais/2019-10-23-2.-dia-de-protestos-em-escola-de-Queluz-contra-a-falta-de-seguranca?fbclid=IwAR1r2enobarERJEONn4eVRnimR8n49KmXeA6IUFMb1QQotKC0ZhFJwg82Ec