Reunião CDS/STOP na A.R. a 2/4/20219

0
336

Ontem, 2 de abril, ocorreu a reunião entre uma delegação do S.TO.P. e a representação do grupo parlamentar do CDS:

– O CDS reiterou a posição de solidariedade quanto ao reconhecimento de todo o tempo de serviço docente. Não se posiciona contra a ILC, mas reconhece haver aspectos a necessitar alteração;
– Sobre o Dec. Lei 36/2019, o CDS vai votar favoravelmente e propor a sua retroactividade a 2018 para evitar ultrapassagens;
– O partido vai ainda propor a vinculação do governo actual e futuro à recuperação integral do T.S. e à negociação do prazo e modo, incluindo um regime especial de aposentação;
– O S.TO.P. reafirmou, como tinha feito na reunião com o PSD, que milhares de professores (e as suas famílias) não compreenderão se o CDS, a 16 de abril, não tiver uma posição inequívoca ao lado da contagem de todo o tempo de serviço docente.

Entretanto o S.TO.P. pretende continuar a sensibilizar outros partidos com assento parlamentar (enviámos convite a todos) e, por enquanto, o PSD e o CDS foram os únicos que nos responderam. Continuaremos a lutar em todas as frentes (rua, escolas, parlamento, tribunais, etc) em defesa de RESPEITOe JUSTIÇApara quem trabalha nas Escolas!

Nota: O S.TO.P. convidou, como na reunião anterior com o PSD, os colegas promotores da ILC para estarem presentes connosco nesta reunião com o CDS. Por motivos de horário de trabalho nas escolas não foi possível nenhum colega estar presente.