Colegas, o S.TO.P. em junho/julho passado ousou FAZER O QUE AINDA NÃO TINHA SIDO FEITO pela classe docente, com uma greve às avaliações que só não foi vitoriosa porque o S.TO.P. esteve sozinho – quase sem logística/ sócios -, contra vários poderes instalados.

CONTINUAMOS a querer fazer o que ainda não foi feito pela nossa classe docente, por isso trabalhámos e conseguimos uma parceria com um dos melhores escritórios de advogados do país na área do direito laboral (E. Garcia Pereira).

Assim sendo, para além do processo conjunto contra o ME (e alguns diretores) – pelas ilegalidades cometidas em junho/julho -, depois de ter estudado a portaria de 3 de agosto, irá também avançar com uma IMPUGNAÇÃO À PORTARIA (a qual tenta mudar, de uma forma ignóbil, as regras de funcionamento dos Conselhos de Turma).

A nossa classe merece um melhor sindicalismo (verdadeiramente democrático e independente) e os melhores advogados do país.
Este sindicalismo para crescer, como NÃO RECEBE APOIOS DOS PARTIDOS, governos ou de empresas, precisa que mais professores se SINDICALIZEM para que, cada vez mais e melhor, possamos defender a Escola Pública e defender a classe como esta verdadeiramente merece.

Adere ao S.TO.P.

(aqui)

 JUNTOS SOMOS + FORTES!

Texto alt automático indisponível.