Dia 11 (4ª), 14h30 TODOS à frente do ME

Colegas, apesar do S.TO.P. não ter sido convidado para reunir com o Ministro da Educação a 11 de julho (ao contrário do que aconteceu dia 4 de junho), apelamos para que TODOS os professores participem em mais este protesto para pressionar o ME a RESPEITAR e a fazer JUSTIÇA a TODA a nossa classe docente (além de defendermos também a liberdade/democracia na Escola Pública).

Este protesto é histórico, não só porque é a primeira vez que um Ministro da Educação estará a reunir com sindicatos com um protesto à porta mas também porque, pela primeira vez, todos os sindicatos (plataforma sindical e o S.TO.P.) estão a mobilizar para a porta do ME durante esta reunião.

Por via das dúvida, o S.TO.P. já informou as entidades competentes para que, mais uma vez, este protesto esteja legalizado.

APAREÇAM colegas, JUNTOS SOMOS + FORTES!


Nota: Este cartaz foi adaptado (com autorização) do cartaz original e pioneiro criado pelo nosso colega Carlos Santos.
Como sempre fazemos no S.TO.P., não nos interessa quem tem a iniciativa, desde que esta seja positiva para a defesa da nossa classe.

UM POR TODOS E TODOS POR UM!

Foto de S.TO.P.

2 CICLOS de CREVE: 4 a 29 de junho

Colegas, ainda alguém acredita que perante a dimensão dos ataques/desconsiderações que sofremos, BASTAM AS FORMAS DE LUTA TRADICIONAIS?

Neste momento estão marcados dois ciclos de greves às reuniões de avaliação. Não interessa quem marcou qual, o que interessa é que são dois ciclos de batalhas entre docentes e o ME (que comprovadamente nos quer roubar e já nos enganou/mentiu várias vezes). O S.TO.P. tudo fará para que OS DOIS CICLOS DE GREVE SEJAM UM SUCESSO.

Apelamos a que os colegas organizem fundos de greve nas suas escolas para que assim esta forma de luta tenha um baixo custo a cada um de nós mas um grande impacto no ME. Assim podemos aguentar esta greve mais tempo com um custo muito reduzido. Mas o ME aguentará quanto tempo com os pais e o país todo a pressioná-lo por causa dos exames, notas e matrículas?

Só exigimos RESPEITO e JUSTIÇA para a nossa classe.
PROFESSORES UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS!

Materiais de luta dos docentes da AEC

Contra a precariedade e exploração a que temos sido sujeitos.

BASTA!

Alguns materiais que podem usar para a divulgação das reivindicações e dos motivos de luta:

A5: para afixar no interior da escola (placard sindical). Basta para isso pedir um visto na Direção e afixar;

A4: para entregar a outros colegas (há escolas que autorizam colocar nas mesas das salas de professores) e ações de luta;

A4, dividido em 4 (tipo flyer): para entregar a Encarregados de Educação, entre outros.

Coloquem o cartaz no placard sindical do vosso local de trabalho, divulguem em A4 com os colegas e divulguem em flyers aos encarregados de educação.

Todos à manif de 19 de maio no Marquês do Pombal à frente do Diário de Notícias.
Às 14h estão convocados os Media, especificamente para denunciar a questão das AEC.

Foto de S.TO.P.