Ecos na comunicação social

FINALMENTE NOS MEDIA começa a chegar a VERDADE (apesar do título não corresponder ao conteúdo da notícia): a greve às reuniões de avaliação de 4 a 15 de junho está a ser um grande sucesso e CONTINUA LEGAL!

Colegas, o ME não aguentará muito mais tempo a nossa pressão por isso não podemos ceder em mais uma das suas tentativas permanentes de nos desmobilizar com consequências infundadas.

SOMOS PROFESSORES estamos (e vamos continuar) a FAZER HISTÓRIA!

NOTA: no S.TO.P. temos uma direção colegial (e não presidentes).

https://www.dn.pt/portugal/interior/ministerio-trava-greve-em-dia-de-provas-de-afericao-9428672.html

Legalidade sem dúvida! Cuidado com a contra-informação…

ATENÇÃO colegas, a tentativa de gerar confusão/desmobilização durante a nossa histórica greve de 4 a 15 de junho continua.

PENSEM PELA VOSSA PRÓPRIA CABEÇA: se ninguém (que já fez greve durante a semana passada) teve falta injustificada é porque efetivamente a greve de 4 a 15 de junho é TOTALMENTE LEGAL.

A nossa CLASSE DOCENTE MERECE SABER A VERDADE! (vejam o parecer de uma das melhores advogadas do país na área do direito laboral).

Conforme o parecer fica TOTALMENTE CLARO QUE “UM EVENTUAL JUÍZO DE ILEGALIDADE DE UM DETERMINADO PRÉ-AVISO NÃO AFECTARÁ A LEGALIDADE DE OUTRO”.

Assim o pré-aviso de 4 a 15 de junho às reuniões de avaliação não sofre qualquer alteração, PODENDO-SE CONTINUAR A REALIZAR A GREVE ÀS REUNIÕES DE AVALIAÇÃO NO PRÓPRIO DIA 15 DE JUNHO.

Colegas, PARTILHEM ao máximo esta informação (nas redes sociais, por email, etc). Temos poucas horas para esclarecer a tentativa do ME de gerar confusão contra a nossa greve (o ME enviou para todos os diretores, para que estes enviassem para todos os seus docentes um email com intuito de gerar confusão/medo entre nós).

PROFESSORES UNIDOS (e esclarecidos) JAMAIS SERÃO VENCIDOS!

SPN constatou legalidade

Comunicado do SPN de 6 junho:
“No dia 4 de junho, na reunião realizada no ME, a Fenprof veio a verificar que o governo não suscitou a ilegalidade do pré-aviso de greve entregue pelo STOP, pelo que os professores que a ela aderirem não incorrem em qualquer penalização disciplinar.”

Comunicado do SPN na íntegra: https://www.facebook.com/isabel.moreira.…/…/1967175750020335

Foto de S.TO.P.

ME continua a confirmar a legalidade

ÚLTIMA HORA:
o ME reafirma que as faltas serão todas JUSTIFICADAS como em todas as greves.

O medo tem de mudar de lado: participem as ameaças à IGEC (email ao inspetor geral)!

COLOQUEM aqui as ESCOLAS onde a mentira não venceu!

ÚLTIMA HORA: o ME reafirma que as faltas serão todas JUSTIFICADAS como em todas as greves.O medo tem de mudar de lado: participem as ameaças à IGEC (email ao inspetor geral)!COLOQUEM aqui as ESCOLAS ondea mentira não venceu!

Pubblicato da S.TO.P su Mercoledì 6 giugno 2018

Ainda há dúvidas sobre a legitimidade?!

Após a Escola Secundária de Amarante e de várias outras escolas pelo país, os docentes estão em LUTA através da greve LEGÍTIMA! A greve está em MARCHA e em força! Somos professores, NÃO aceitamos CHANTAGENS!

A LEGALIDADE da greve de 4 a 15 de junho também confirmada aqui:
Blogue deAr Lindo: www.arlindovsky.net/2018/06/a-greve-comecou-ontem-e-e-legal/

Blogue comregras: http://www.comregras.com/chega-de-dizerem-que-a-greve-de-4…/

A greve está em MARCHA e em força!

Após a Escola Secundária de Amarante e de várias outras escolas pelo país, os docentes estão em LUTA através da greve LEGÍTIMA! A greve está em MARCHA e em força! Somos professores, NÃO aceitamos CHANTAGENS!A LEGALIDADE da greve de 4 a 15 de junho também confirmada aqui:Blogue deAr Lindo: www.arlindovsky.net/2018/06/a-greve-comecou-ontem-e-e-legal/Blogue comregras: http://www.comregras.com/chega-de-dizerem-que-a-greve-de-4-a-15-de-junho-e-ilegal/

Pubblicato da S.TO.P su Martedì 5 giugno 2018