PÚBLICO noticia corretamente: GREVE!

Artigo no jornal Público, onde uma vez mais, reafirmamos a vontade de manter o pré-aviso de de 2 a 31 de julho. Já há muito que foram criadas as condições necessárias para a continuação da luta (desde fins de junho), para todos os que queiram continuar a mostrar ao ME o nosso profundo desagrado face às enormes injustiças de que somos alvo: https://www.publico.pt/2018/07/12/sociedade/noticia/sindicato-stop-mantem-greve-ate-ao-final-do-mes-1837796

Paralelamente, está a decorrer uma sondagem – independente (Blog de Arlindo) – para quantificar a vontade dos colegas em fazer a greve até dia 31 de julho. Apelamos à participação e, como sempre, estamos atentos a todas as sondagens independentes.

Sondagem independente reiniciada

Colegas, o S.TO.P. depois de ter sido alertado por vários professores que a sondagem dinamizada no blogue do Arlindo estava (erradamente) a permitir que a mesma pessoa votasse mais que uma vez, naturalmente avisámos o Arlindo e ele ratificou essa situação.

Consequentemente a sondagem teve que recomeçar do início a partir das 00h18 de hoje. Confirmem se o vosso voto foi antes dessa hora (se assim for, têm que votar novamente).

SONDAGEM disponível aqui: www.arlindovsky.net/2018/07/sondagem-sobre-a-greve-do-stop/

Quando diz “we have already counted your vote” já não considera esse voto.

VOTEM E DIVULGUEM entre os vossos/nossos colegas.

JUNTOS SOMOS + FORTES!

Sondagem Sobre a Greve do S.TO.P. – reiniciada às 00h18

NOTA: Por ter sido verificado que a votação não estava bloqueada por IP foi cancelada a sondagem anterior e iniciada esta nova sondagem às 00:18.

Colegas, como sabem, o Ministro da Educação não quis ouvir o S.TO.P., mas o S.TO.P. quer ouvir os professores!

Nesta reunião de 11 de julho, infelizmente, mais uma vez, o Ministro tenta enganar a classe docente apresentando uma “mão cheia de nada” (comissão técnica, promessa de negociações, etc.), em troca de pararmos a presente greve, uma luta histórica dos professores.

Se nos esforçámos tanto nesta luta, até aqui, será razoável pararmos, agora, colegas?

Como todos sabem, o S.TO.P. ousou iniciar esta greve, sozinho, a 4 de junho, por ter como referência sondagens independentes realizadas pelo blogue do Ar Lindo e do ComRegras e assim queremos continuar: a ouvir o sentir da nossa classe!

O S.TO.P. não pretende desconvocar a greve, até 31 de julho, mas, obviamente, terá em consideração o que a nossa classe docente manifestar, agora na sondagem que se iniciou esta noite no blogue do Ar Lindo: http://www.arlindovsky.net/…/sondagem-sobre-a-greve-do-stop/

Colegas, independentemente da vossa opinião sobre continuar (ou não) a greve até 31 de julho, participem e partilhem, massivamente, para que todos possam ser ouvidos.

JUNTOS SOMOS + FORTES e acreditem, colegas: se quisermos, NINGUÉM nos pode parar!


Nota: DÚVIDAS sobre a GREVE e as FÉRIAS: FAQs ou https://www.facebook.com/…/a.19370137366…/2016405498674262/…

Sondagem: 15 de junho, manifestação?

Colegas, considerando que:
1º. Dia 14 de junho, o S.TO.P. irá reunir novamente com o ME.

2º. Dia 15 de junho, o Ministro da Educação estará no parlamento e, nesse mesmo dia encerraremos o primeiro ciclo de greves às Reuniões de Avaliação.

3º. Há colegas de vários pontos do país que consideram importante marcarmos uma forte posição pública nesse dia no parlamento;

4º. Nessa concentração poderíamos aproveitar para realizar um plenário onde TODOS os professores teriam direito à voz e a voto (independentemente se são ou não sindicalizados) para discutirmos/decidirmos eventuais novas propostas do ME e a continuação da nossa luta.

Queremos saber a vossa opinião: PARTICIPARIA NUMA CONCENTRAÇÃO/PLENÁRIO À FRENTE DO PARLAMENTO DIA 15 DE JUNHO?

Nova sondagem e greve!

ATENÇÃO PROFESSORES, única sondagem realizada sobre as greve às reuniões de avaliação revela que, sem sombra de dúvida, apesar das mentiras e da desinformação ativa realizada contra a greve com início a 4 de junho, a classe docente continua a ser dos sectores sociais mais esclarecidos e que sabem PENSAR PELA SUA PRÓPRIA CABEÇA!

Sem dúvida, o S.TO.P. tudo fará para que os dois ciclos de greve, um com início a 4 de junho e outro a 18 junho (ambos legais e nacionais) sejam um sucesso! PROFESSORES UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS!

Mais informações sobre a sondagem: http://www.comregras.com/vai-fazer-greve-as-reunioes-de-av…/

VAMOS FAZER O QUE AINDA NÃO FOI FEITO?

VAMOS FAZER O QUE AINDA NÃO FOI FEITO?

Os colegas do comregras estão a dinamizar uma sondagem sobre qual a greve às reuniões de avaliação que os docentes querem fazer. Independentemente da sua opinião, vote e partilhe com mais colegas.
https://www.facebook.com/groups/585951061435882/permalink/2077664205597886/

Votação da sondagem sobre a GREVE às AEC…

Colegas, em poucos dias mais de 1000 docentes das AEC mostraram concordância inequívoca (96%) com uma greve até o ME recuar neste ataque ignóbil. No entanto ainda não atingimos os 10% dos colegas das AEC.

A continuar o ritmo da votação/sondagem dos últimos dias só daqui a umas 2 semanas é que poderíamos convocar a greve…

Tendo em consideração os inúmeros pedidos para “marcarmos a greve o mais rapidamente possível”, a esta ser uma forma de luta inédita na Educação em Portugal e face à atual direção do S.TO.P. ser uma direção provisória até à 1ª Assembleia Geral de Sócios, colocaremos a última decisão sobre a convocatória desta greve, a iniciar o mais rapidamente possível, aos sócios do S.TO.P. até esta quinta-feira 24 maio (às 9h da manhã).

Quem se sindicalizar no S.TO.P. até esta quarta-feira receberá um email para ainda poder participar nesta votação.

JUNTOS SOMOS + FORTES e podemos PARAR o roubo nas AEC, SOMOS TODOS DOCENTES!

Foto de S.TO.P.