Convite aos sindicatos para tomarem posição

Colegas, enviámos esta manhã este email (anexo) a todos os sindicato/federações docentes.

É fundamental uma posição clara (em tempo útil) de todos (ou pelo menos alguns) sindicatos docentes (a maioria têm advogados em exclusividade para o sindicato e por isso rapidamente poderão confirmar mais esta ilegalidade).

Se essa eventual posição – clara – surgir apenas daqui a muitas horas (e não em “tempo útil”), o “estrago” pretendido pelo ME já poderá ter sido conseguido (lançar o medo/confusão/desinformação entre os nossos colegas que estão nas escolas)…

Para não haver dúvidas, consultem este post onde expressamos a solidariedade ao SPN (em abril de 2018).

JUNTOS SOMOS + FORTES!

Foto de S.TO.P.

SPN constatou legalidade

Comunicado do SPN de 6 junho:
“No dia 4 de junho, na reunião realizada no ME, a Fenprof veio a verificar que o governo não suscitou a ilegalidade do pré-aviso de greve entregue pelo STOP, pelo que os professores que a ela aderirem não incorrem em qualquer penalização disciplinar.”

Comunicado do SPN na íntegra: https://www.facebook.com/isabel.moreira.…/…/1967175750020335

Foto de S.TO.P.

Solidariedade com o SPN

Tivemos conhecimento que na passada terça-feira, dia 3 de abril, colegas do Sindicato de Professores do Norte (SPN) foram impedidos de realizar uma reunião sindical num colégio de Gaia. Isso constitui mais um atropelo grosseiro de direitos democráticos e já expressámos a nossa solidariedade com o SPN e com tod@s @s docentes impedid@s de exercer os seus direitos. Para que essa solidariedade não seja meramente uma palavra sem conteúdo disponibilizámo-nos, dentro das nossas possibilidades e se for do interesse do SPN, em juntar forças em algum tipo de denúncia/protesto. Do que depender do S.TO.P., sempre que um colega (independentemente do sindicato, associação ou não organizado) for impedido de exercer os seus direitos, tentaremos sempre juntar forças para que quem comete este tipo de abuso contra professor@s comece a mudar a sua forma de atuação ditatorial. JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

“Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.”
Bertolt Brecht

Foto de S.TO.P.