UNIR! Convite aos restantes sindicatos

0
72

Colegas, perante o endurecer das pressões contra a greve cada vez fica mais evidente que já não estamos a lutar apenas para exigir RESPEITO e JUSTIÇA para a nossa classe docente, mas também por LIBERDADE e DEMOCRACIA nas nossas escolas.

Para não deixar que as escolas fiquem isoladas na sua/nossa luta histórica, devemos dar um grande sinal de FORÇA e UNIDADE de que para defender uma Escola Pública de qualidade para todos (livre e democrática) estamos dispostos a parar o país!

Uma sociedade livre e democrática para nós e os nossos filhos/netos/alunos é indissociável de uma Escola Pública igualmente livre e democrática!

Nesse sentido, o S.TO.P. a 21 de junho enviou o seguinte CONVITE a todos os sindicatos/federações docentes:

“Colegas,

o S.TO.P. – Sindicato de tod@s @s professor@s dirige-se às direções de todas as federações/sindicatos docentes no sentido de propor uma reunião urgente de todos os sindicatos envolvidos na atual luta e greve dos docentes.

A intransigência do ME e a tentativa de atacar a greve em curso, quer pela ilegal “Nota Informativa” e pela pressão que parte da cadeia hierárquica está a exercer sobre os professores, quer pela possibilidade de imposição de serviços mínimos na greve de julho, colocam a necessidade de uma resposta unida e propiciadora de uma ainda maior mobilização dos professores com visibilidade e impacto nacional.

Nesse sentido o S.TO.P. propõe a todos as federações/sindicatos dos professores a realização de uma manifestação nacional em Lisboa, junto do ME e da Assembleia da República. A realizar-se este dia de luta, em nosso entender, este seria um reforço para a greve em curso e por outro lado enfraqueceria a atual intransigência do ME.

Esse dia de luta na rua devia realizar-se no máximo até à primeira quinzena de julho, em data e moldes a definir em reunião conjunta de todos os sindicatos interessados.

À partida, e dada a existência de uma Plataforma Sindical que já engloba a maioria dos Sindicatos e Federações, colocamos à sua decisão a data e local para a realização de uma reunião de todos os sindicatos tendo em vista a preparação dessa ação unitária de luta e manifestação.

O S.TO.P. aguardará a vossa resposta em relação à realização da reunião que, face à urgente necessidade de uma ainda maior resposta unitária dos professores aos ataques do ME, deverá realizar-se durante a próxima semana (25 a 29 de junho).

Podemos fazer história em defesa de toda a nossa classe docente!

Saudações sindicais,,
S.TO.P. Sindicato de tod@s @s professor@s”