2 anos que se oficializou a legalização do S.TO.P. como sindicato.

    0
    437

    Colegas, faz hoje precisamente 2 anos que se oficializou a legalização do S.TO.P. como sindicato.

    Na altura, poucos acreditariam que o S.TO.P. em apenas 2 anos conseguiria dinamizar lutas mais combativas (ex: greve às avaliações de finais de 2017/2018), unir como nunca antes os Profissionais da Educação (ex: greve de outubro a dezembro 2019), iniciar lutas inéditas no sindicalismo (ex: contra o amianto nas escolas e contra a violência e a impunidade nas escolas), juntar forças sem sectarismo a iniciativas de colegas (ex: Iniciativa Legislativa Cidadã – ILC), etc. E continuamos a ser o único sindicato na área da Educação em que os estatutos definem mandatos consecutivos finitos para os dirigentes (aqui ninguém fará carreira de dirigente sindical).

    Como é público, apesar de algumas vitórias, as principais reivindicações dessas lutas não foram conseguidas porque infelizmente fomos intensamente atacados e caluniados por poderosos interesses instalados (do governo mas não só). Ao contrário de outros, o S.TO.P. nunca calunia a greve convocada por outros sindicatos: https://www.comregras.com/o-boicote-sindical-a-greve-do-si…/

    O facto de nomeadamente cada vez mais Profissionais da Educação se sindicalizarem no S.TO.P. referindo que nunca antes tinham sido sindicalizados (muitos com décadas de tempo de serviço) ou que já tinham deixado de acreditar nos sindicatos, é um grande incentivo para continuarmos a FAZER O QUE AINDA NÃO TINHA SIDO FEITO em defesa de TODOS que trabalham (e estudam) nas Escolas.

    Colegas, MUITO OBRIGADO PELA CONFIANÇA!

    Nota: no 1º comentário a este post, no facebook, voltamos a publicar o manifesto que em finais de 2017 foi subscrito por mais de 230 professores de todo o país afirmando os motivos da necessidade de um novo sindicato. Sinceramente acreditamos que a nossa prática destes últimos 2 anos é fiel a esses princípios e assim queremos continuar.