Reunião de “NEGOCIAÇÃO SINDICAL” com o ME

0
440
Colegas, o Ministério da Educação convocou-nos para uma reunião de NEGOCIAÇÃO SINDICAL, a realizar no dia 29 de novembro sobre:
-Apreciação e discussão de proposta de 𝙘𝙤𝙣𝙩𝙖𝙜𝙚𝙢 𝙙𝙚 𝙩𝙚𝙢𝙥𝙤 𝙙𝙚 𝙨𝙚𝙧𝙫𝙞𝙘̧𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙚𝙛𝙚𝙞𝙩𝙤𝙨 𝙙𝙚 𝙘𝙤𝙣𝙘𝙪𝙧𝙨𝙤 𝙥𝙧𝙚𝙨𝙩𝙖𝙙𝙤 𝙚𝙢 𝙘𝙧𝙚𝙘𝙝𝙚𝙨 por titulares de habilitação profissional para o GR 100 – Pré-escolar;
– Apreciação e discussão de proposta de 𝙙𝙞𝙨𝙥𝙚𝙣𝙨𝙖 𝙙𝙤 𝙧𝙚𝙦𝙪𝙞𝙨𝙞𝙩𝙤 𝙙𝙚 𝙤𝙗𝙩𝙚𝙣𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙙𝙚 𝙫𝙖𝙜𝙖 𝙥𝙧𝙚𝙫𝙞𝙨𝙩𝙤 𝙣𝙖 𝙖𝙡𝙞́𝙣𝙚𝙖 𝙗) 𝙙𝙤 𝙣.º 3 𝙙𝙤 𝙖𝙧𝙩. 37º 𝙙𝙤 𝙀𝘾𝘿 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙤𝙨 𝙙𝙤𝙘𝙚𝙣𝙩𝙚𝙨 𝙩𝙞𝙩𝙪𝙡𝙖𝙧𝙚𝙨 𝙙𝙚 𝙜𝙧𝙖𝙪 𝙖𝙘𝙖𝙙𝙚́𝙢𝙞𝙘𝙤 𝙙𝙚 𝙙𝙤𝙪𝙩𝙤𝙧 em domínio diretamente relacionada com a área científica que lecionem ou em Ciências da Educação;
– Apreciação e discussão do regime de seleção e recrutamento destinado ao pessoal docente do 𝙚𝙣𝙨𝙞𝙣𝙤 𝙖𝙧𝙩𝙞́𝙨𝙩𝙞𝙘𝙤 𝙚𝙨𝙥𝙚𝙘𝙞𝙖𝙡𝙞𝙯𝙖𝙙𝙤 𝙙𝙖𝙨 𝙖𝙧𝙩𝙚𝙨 𝙫𝙞𝙨𝙪𝙖𝙞𝙨 𝙚 𝙙𝙤𝙨 𝙖𝙪𝙙𝙞𝙤𝙫𝙞𝙨𝙪𝙖𝙞𝙨 e de concurso externo extraordinário destinado aos atuais docentes dessa modalidade de ensino.
Voltaremos também a exigir ao ME que marque com urgência reuniões negociais relativamente a questões urgentes para quem trabalha nas escolas (por exemplo avaliações injustas e com quotas, desvalorização salarial por exemplo relativamente aos técnicos superiores da função pública, fim da gestão democrática, aumento do trabalho burocrático, lesados da SS, ultrapassagens, passagem involuntária da CGA para SS, contagem de todo o tempo de serviço, situação dos professores em monodocência, quotas de acesso ao 5.º e 7.º escalões, etc).
 
ENQUANTO NÃO SE RESOLVEREM ESTAS INJUSTIÇAS SERÁ IMPOSSÍVEL ATRAIR MAIS E MELHORES PROFISSIONAIS PARA TRABALHAR NAS ESCOLAS o que manifestamente tem prejudicado muito milhares de crianças/jovens.
 
TODOS os docentes que queiram apresentar PROPOSTAS (sobre as temáticas desta reunião) poderão enviá-las por EMAIL (com o Assunto: Propostas reunião ME 29 novembro), até dia 26 novembro (inclusive) para: S.TO.P.SINDICATO@GMAIL.COM
 
Como sempre, tentaremos continuar a dar VOZ ÀS ESCOLAS!
 
IMPORTANTE: relembramos que, legalmente, apenas o ME pode convocar os sindicatos para reuniões e sobre os temas que entender. O S.TO.P. desde há muito que solicita reuniões com o ME sobre vários problemas/injustiças que se arrastam há demasiado tempo e que prejudicam quem trabalha (e estuda) nas escolas mas, até hoje, nunca aceitaram reunir sobre essas temáticas.
 
A PARTILHAR com mais colegas: JUNTOS SOMOS + FORTES!
 
NOTA: Brevemente iremos anunciar os resultados (e desenvolvimentos) da sondagem (que terminou ontem à meia-noite) sobre as formas de luta docente (em que participaram quase 6 000 pessoas).