ANO NOVO, VIDA NOVA?

0
103
 
Colegas, depois de um ano particularmente difícil é legítimo que ambicionemos um ano novo realmente diferente. No entanto, a história demonstra que não se consegue uma “vida nova” se não nos organizarmos para lutar de forma consequente em defesa de quem trabalha.
 
Em apenas 2 anos o S.TO.P. conseguiu que muitos colegas voltassem a ACREDITAR na importância do sindicalismo para VENCER injustiças. Um sindicalismo realmente diferente que, apesar de ter sido intensamente atacado por vários poderes instalados, conseguiu ajudar na obtenção de VITÓRIAS em defesa do BEM COMUM (ex: luta dos colegas das AEC Maio 2018, luta contra o amianto escolar outubro/dezembro 2019, contratação de mais 1500 Assistentes Operacionais Setembro 2020, passagem de reuniões presenciais para online Novembro/Dezembro 2020, etc).
 
NÃO SE FAZEM OMELETES SEM OVOS
Todos os anos os sindicatos têm até meados de janeiro para indicar às entidades responsáveis o seu número de sócios. E proporcionalmente a esse número, os sindicatos terão um crédito sindical (o que permitirá aos seus dirigentes ter mais tempo e condições para dedicar às várias lutas justas que precisamos de vencer). Como “não se fazem omeletes sem ovos” convidamos todos os Profissionais de Educação (pessoal docente e não docente) a reforçar um sindicalismo realmente diferente (ex: o único sindicato na Educação que ousa dinamizar lutas inovadoras e com mandatos consecutivos finitos para os seus dirigentes).
 
As novas sindicalizações enviadas até 6 de janeiro irão ajudar a que 2021 seja um ano com melhores condições para o S.TO.P. poder fazer AINDA MAIS em benefício de todos que trabalham (e estudam) nas Escolas.
 
JUNTOS SOMOS + FORTES também para conseguirmos um ANO NOVO com JUSTIÇA e RESPEITO para TODOS Profissionais de Educação.
 
Para aderir basta seguir as indicações do link: https://sindicatostop.pt/aderir-2/
A PARTILHAR!
 
NOTA: Além das vantagens coletivas também há vantagem individuais. Todos os sócios têm direito a atendimento incluindo apoio jurídico com os melhores advogados de direito laboral.