APESAR DOS ATAQUES, GREVE CONTINUA

    0
    265

    Colegas, apesar dos ataques esta GREVE NACIONAL CONTINUA A CRESCER. Temos conhecimento de várias Escolas encerradas (por exemplo na região de Coimbra, Oeiras, Sintra), além da adesão individual de muitos Profissionais da Educação (pessoal docente e não docente) FARTOS DE SER DESRESPEITADOS.

    Além das calúnias (que continuam desde a semana passada), recebemos a informação que algumas DIREÇÕES escolares/autarquias estão a tentar obstruir o direito à greve (algo punível por lei). Curiosamente (ou não) Profissionais de Educação relatam que este tipo de ataque já aconteceu em outras greves do S.TO.P., mas nunca relativamente às greves dos sindicatos tradicionais. Por que será?

    Como é público, o S.TO.P. foi o único sindicato a ser “castigado” pelo Ministério da Educação durante 18 longos meses (sem ser convidado para reuniões) por termos dinamizado uma luta consequente no verão de 2018. Ou seja, mais uma vez, fica evidente que para os vários Poderes nem todos os sindicatos são iguais.

    QUE NÃO RESTEM DÚVIDAS:
    1. A greve do S.TO.P. NÃO foi, nem vai ser cancelada!
    2. TODOS os profissionais da Educação podem aderir (pessoal docente e não docente) independentemente de serem (ou não) sindicalizados e independentemente da sua entidade patronal ser o Ministério da Educação ou uma Câmara Municipal;
    3. Como qualquer greve de vários dias, qualquer trabalhador é livre de escolher o(s) dia(s) que fará greve (de forma intercalada ou não);
    4. A greve é NACIONAL incluindo as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira;
    5. Como em qualquer greve, não compete aos sindicatos enviarem os pré-avisos de greve para as escolas. Se, por acaso, as entidades competentes (que foram avisadas atempadamente) não enviarem os pré-avisos de greve para as escolas, TODOS os trabalhadores (pessoal docente e não docente) dessas escolas podem na mesma aderir à greve, sem qualquer risco de penalização.

    Por muito que custe a vários poderes e interesses instalados a GREVE do S.TO.P. CONTINUA e, tudo indica que, amanhã, será o dia com maior impacto desta greve.

    Não se deixem enganar! PARTILHEM colegas: JUNTOS SOMOS + FORTES!