BASTA DE VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS!

0
107
À semelhança de outros infelizes episódios que têm ocorrido, o S.TO.P. volta a REPUDIAR toda e qualquer forma de indisciplina, desautorização das funções dos profissionais da Educação e violência exercida sobre qualquer elemento da comunidade educativa, independentemente dos seus protagonistas. Desta vez foi uma professora brutalmente AGREDIDA por vários adultos numa Escola da Figueira da Foz.
 
No entanto, como fizemos em outras situações, o repúdio não basta para combater uma calamidade como esta, assim:
– contactámos a DIREÇÃO desse Centro Escolar – nomeadamente solicitando que reencaminhe a nossa total solidariedade à colega agredida, transmitindo a disponibilização de todo o apoio necessário e possível – aconselhamento/apoio jurídico. Também estamos disponíveis para concertar outro tipo de ações em sua defesa que a colega concorde e/ou se sinta à vontade;
– contactámos o MINISTRO da Educação (com conhecimento do 1º Ministro), solicitando – novamente – uma reunião com caráter de urgência e que, antes de mais, tome uma posição pública sobre mais esta agressão a um profissional do Ministério que tutela, interrompendo o seu silêncio (ver email enviado no final desta publicação);
– enviaremos mais um pedido para JUNTAR forças contra este flagelo a todos os sindicatos/federações docentes. Reafirmamos que nestas matérias, como em tantas outras, seria importante que todos os sindicatos docentes se unissem. Infelizmente continuamos a ser o único sindicato a convidar todos os outros para juntar forças mas continuamos sem qualquer resposta positiva. Porque juntos, em torno destas e outras causas justas, seríamos + fortes!;
– por último, solicitamos ao DIAP de Coimbra que efetue as diligências e os procedimentos necessários para o apuramento dos factos ocorridos e aplicação da lei já existente para estes casos de violência no seio da comunidade escolar.
 
A partilhar: JUNTOS SEREMOS + FORTES!