CONTRA CONCURSOS INJUSTOS

0
126

O ME insiste em manter concursos injustos e que continua a separar famílias.

Muitos professores constataram que na RR1 poderiam ter ficado bem mais perto da sua residência. Ou seja, em alguns casos isso implica mais do triplo da distância casa-trabalho com todas as CONSEQUÊNCIAS/riscos inerentes (cansaço, maior sinistralidade, despesas, etc) e um brutal desgaste emocional/familiar. E, ao contrário de outros funcionários públicos, não recebemos qualquer subsídio de alojamento e/ou transporte!

Os professores também têm família (filhos e/ou ascendentes para acompanhar) e continuamos a ser totalmente DESCONSIDERADOS.

As desconsiderações do ME chegam ao cúmulo de atitudes “FORA DA LEI”, por exemplo, recentemente, no seu incumprimento em iniciar NEGOCIAÇÕES num determinado prazo com os sindicatos para a Revisão do regime de Recrutamento e Mobilidade do pessoal docente (onde o Parlamento aprovou, nomeadamente, a inclusão dos horários completos e incompletos para a MI).

Este e muitos outros exemplos de DESRESPEITO por nós e pelas nossas famílias levam, necessariamente, a um maior desgaste e desmotivação o que também prejudica os nossos alunos.

Concentração de protesto à frente do ME em Lisboa (Av.24 de julho) AMANHÃ , 9 setembro, às 18h30, contra estes CONCURSOS INJUSTOS mas também contra outras injustiças (avaliação com quotas, reforma tardia, precariedade, falta subsídios transporte/alojamento, salários de miséria para o pessoal não docente, estrangulamento no acesso ao 5.º e 7.º escalões, despedimento do pessoal não docente, etc).

Participa e partilha: JUNTOS SOMOS + FORTES 

Ver menos