Convite a todos os sindicatos/federações docentes e às centrais sindicais

0
537
Como é público, tem-se acentuado a degradação das condições de todos que trabalham nas Escolas, o que naturalmente também tem consequências para os nossos alunos. O M.E. tem conseguido impor esses ataques nomeadamente porque tenta sempre “dividir-nos para reinar”.
 
Consequentemente, o S.TO.P. em finais de julho voltou a convidar todos os sindicatos/federações docentes para começarmos a juntar forças em defesa de quem trabalha na Escola (ver imagem), nomeadamente contra as seguintes injustiças: avaliação não transparente e com quotas, concursos, precariedade, estrangulamento no acesso ao 5.º e 7.º escalões, passagem da CGA para a SS, envelhecimento e roubo de tempo de serviço dos Profissionais de Educação, gestão escolar não democrática, municipalização, entre outros.
 
Face à urgência da situação que prejudica milhares de colegas, comunicámos que estamos disponíveis para reunir durante todo o mês de agosto.
 
Como desde o seu início, em fevereiro de 2018, o S.TO.P. continua a defender na prática (e não apenas na teoria) a unidade de quem trabalha nas escolas. Acreditamos que se todos os sindicatos/federações sindicais tivessem esta postura, as condições seriam muito melhores para quem trabalha nas escolas: JUNTOS SOMOS + FORTES!
 
 
NOTA 1: Enviámos no mesmo dia um convite semelhante nomeadamente à CGTP, UGT e à Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais.
 
NOTA 2: Até este momento, ainda não recebemos qualquer resposta por parte dos destinatários deste nosso convite mas face à urgência da situação que prejudica milhares de colegas, continuamos disponíveis para reunir.