JUNTAR FORÇAS por quem trabalha nas escolas

0
130

Em mais um sinal de unidade e de não sectarismo, o S.TO.P. juntou forças neste dia de luta e também esteve presente na concentração à frente do parlamento. Esperamos que a força desta greve (tendo neste momento como referência os valores apresentados pelos dirigentes de outros sindicatos) possa potencial formas de lutas mais fortes/inovadoras decididas por quem trabalha nas escolas e, como defendemos, com fundos de greve dinamizados pelos sindicatos unidos. JUNTOS SEREMOS + FORTES!