MINISTRO DA EDUCAÇÃO, a 2 DE NOVEMBRO, VAI AO PARLAMENTO DEFENDER MAIS INJUSTIÇAS

0
362
Vários sindicatos/federações docentes marcaram greve nacional e uma concentração de protesto no parlamento dia 2 de novembro. Apesar das diferenças, o S.TO.P. nunca é sectário e temos sempre em consideração o interesse de quem trabalha nas escolas e a nossa posição é sempre pela positiva (ver link disponibilizado no final desta publicação).
 
Como é público, neste orçamento os técnicos superiores da função pública terão um aumento de 104 euros, o dobro do aumento da grande maioria dos Profissionais da Educação (por exemplo, professores, com apenas 52 euros de aumento).
Naturalmente não somos contra que os técnicos superiores sejam aumentados (mesmo assim continuarão a perder poder de compra, pois o valor está aquém da elevada inflação dos últimos anos), no entanto parece-nos profundamente injusto que sequer este aumento seja atribuído aos professores e educadores, bem como, a todos os Profissionais da Educação (não docentes), cujas remunerações estão profundamente desenquadradas do seu conteúdo funcional e responsabilidades exercidas.
 
É este orçamento – que prevê estas injustiças e outras que também prejudicarão todos os Profissionais da Educação e também os nossos alunos – que o Ministro da Educação irá defender dia 2 de novembro no parlamento.
NÃO QUEREMOS DEIXAR QUE ISSO OCORRA EM BRANCO! Convidamos os colegas a participar na greve e na concentração nesse dia 2 de novembro às 15h à frente do parlamento, onde esperamos que desta vez se dê voz a todos os colegas que queiram dizer de sua justiça. A partilhar: JUNTOS SEREMOS + FORTES!
 
NOTA: link da posição do S.TO.P. sobre esta greve https://sindicatostop.pt/juntar-forcas-a-2-de-novembro…/