Quais as Escolas que insistem nas reuniões PRESENCIAIS apesar da pandemia?

0
537
Colegas, continuamos a receber queixas de Profissionais de Educação a serem convocados para reuniões PRESENCIAIS.
 
Apesar dos benefícios da vacinação para a saúde pública, não é responsável “facilitar”, tendo em consideração a evolução da pandemia nos últimos tempos e as novas estirpes do Vírus que estão a alertar a comunidade científica.
Do que temos conhecimento apesar da maioria das escolas estarem a realizar responsavelmente apenas reuniões online, fomos alertados (com provas) que as seguintes escolas (de várias zonas do país) estão a convocar muitos Profissionais de Educação (docentes e não docentes) para reuniões presenciais
(em ATUALIZAÇÃO):
 
– AE n°1 de Beja – Mudou PARA ONLINE;
– AE 4 de outubro (Loures) – Mudou PARA ONLINE;
– AE Alberto Iria (Olhão);
– AE de Alfornelos (Amadora);
– AE de Almeida (Guarda);
– AE do Alto do Lumiar (Lisboa);
– AE Amato Lusitano (Castelo Branco);
– AE António Sérgio (V. N. Gaia);
– AE de Alvaiázere;
– AE do Búzio (Vale de Cambra);
– AE Camilo Castelo Branco (V. N. Famalicão);
– AE de Canelas (V.N. Gaia);
– AE do Cerco (Porto);
– AE D. Lourenço Vicente (Lourinhã);
– AE D. Manuel de Faria e Sousa (Felgueiras);
– AE D. Maria II (Braga);
– AE Daniel Faria (Paredes) – Mudou PARA ONLINE;
– AE Dr. Vieira de Carvalho (Maia);
– AE de Estarreja;
– AE Fernando Pessoa (Lisboa);
– AE Figueira Norte (Figueira da Foz) – Mudou PARA ONLINE;
– AE Fragata do Tejo (Moita);
– AE de Fragoso (Barcelos);
– AE Francisco Arruda (Lisboa);
– AE Frei Heitor Pinto (Covilhã);
– AE Henriques Nogueira (Torres Vedras);
– AE Infante D. Henrique (Viseu) – Mudou PARA ONLINE;
– AE João de Barros (Seixal);
– AE José Afonso (Loures);
– AE Luís António Verney (Lisboa);
– AE de Mafra;
– AE Manuel Laranjeira – Mudou PARA ONLINE;
– AE de Melgaço;
– AE Michel Giacometti (Quinta do Conde-Sesimbra);
– AE de Mira (Mira) – Parcialmente ONLINE;
– AE da Moita (Moita) – Mudou PARA ONLINE;
– AE de Montemor-O-Velho;
– AE de Mora;
– AE Oliveira de Frades;
– AE do Paião (Figueira da Foz)
– AE Quinta do Conde;
– AE S. Teotónio (Odemira);
– AE Sá de Miranda (Braga);
– AE de Sande (Marco de Canaveses);
– AE Santa Maria dos Olivais, (Lisboa) – Mudou PARA ONLINE;
– AE Sebastião da Gama (Setúbal) – Mudou PARA ONLINE;
– AE de Seia (Seia);
– AE de Silves (Silves);
– AE Tomaz Pelayo (Santo Tirso);
– AE Vendas Novas – Mudou PARA ONLINE;
– AE Venda do Pinheiro (Mafra);
– AE do Viso (Porto);
 
– EB 2,3 de Eiriz (Paços de Ferreira);
– EB Dr. Alberto Iria (Olhão);
– EBS Sacadura Cabral (Celorico da Beira);
– ES Camilo Castelo Branco (Vila Real);
– ES Filipa de Vilhena (Porto);
– ES Gago Coutinho (Alverca);
– ES de Lousada (Lousada);
– ES do Pinhal Novo (Palmela) – Mudou PARA ONLINE;
– ES Poeta Al Berto (Sines);
– ES Quinta do Marquês (Oeiras);
– ES do Restelo (Lisboa);
– ES de Rocha Peixoto (Póvoa de Varzim);
– ES de Vila Verde (Vila Verde);
 
Não se compreende que o mesmo Ministério da Educação que altera o calendário escolar para todo o país (público e privado) invocando precisamente razões de saúde pública, depois não seja consequente, permitindo que sejam as direções escolares a decidir se as reuniões, por exemplo de avaliação do 1.º período, serão presenciais ou online.
 
NÃO DESISTIMOS DE DEFENDER QUEM TRABALHA NAS ESCOLAS
Como é público, o S.TO.P. foi o sindicato que, ao DENUNCIAR, conseguiu contribuir de forma decisiva para a mudança no último ano letivo de muitas reuniões presenciais para online.
 
O S.TO.P. mais uma vez alertou todas as entidades competentes e os Media sobre estas situações que colocam em perigo a saúde pública (Ministério da Educação, Ministério da Saúde, Direção-Geral da Saúde, etc). Se nada for feito para pressionar as respetivas direções escolares, poderemos ter a situação surreal de escolas com reuniões presenciais, ao mesmo tempo que outras escolas ao lado com o mesmo tipo de reuniões online. E, como sabemos, nessas reuniões participam muitos Profissionais de Educação (docente e não docentes) e, em particular, na véspera de encontros familiares do Natal (há reuniões de avaliação até dia 23 de dezembro).
 
Os colegas que, ao serem convocados para reuniões presenciais, não se sintam seguros, enviem-nos as provas dessas convocatórias numa mensagem com assunto “Reunião presencial em pandemia” para: S.TO.P.SINDICATO@GMAIL.COM
 
Garantimos anonimato.
 
Tentaremos ajudar os colegas: JUNTOS SOMOS + FORTES!
 
A partilhar.