SIADAP – Debate da MPO com vários sindicatos

0
547

Debate disponível aqui: https://www.facebook.com/bpenha.id/videos/2817833058528936 

A Missão Pública Organizada (MPO) organizou no dia 7 de julho um debate com vários sindicalistas sobre a luta por um novo modelo de avaliação na Administração Pública.

Nesse debate, o S.TO.P. participou criticando fortemente o SIADAP (e apresentado propostas alternativas) por este não ser transparente e ter quotas, tornando esta “avaliação” totalmente injusta e artificial, com graves consequências na motivação e saúde física/mental dos trabalhadores abrangidos (além de potenciar o assédio laboral).

Aproveitámos também para denunciar várias injustiças (para além do SIADAP), como por exemplo a dos colegas Assistentes Operacionais, que com mais de 20, 25 ou mesmo 30 anos de trabalho continuam a receber o mesmo que quem entrou o mês passado. A injustiça dos colegas Assistentes Técnicos que, apesar da grande complexidade do seu trabalho, constatam cada vez mais o seu vencimento perto do salário mínimo nacional. E a injustiça da precariedade dos Psicólogos Escolares que entraram recentemente nas Escolas, na sua maioria colocados como “professores especializados” e não integrados na carreira de técnico superior (com contratos no máximo até 31 de agosto de 2021). Estas e outras injustiças (como os muitos Profissionais de Educação que foram obrigados a passar da CGA para a Segurança Social) foram denunciadas pelo S.TO.P.

Também demos exemplos concretos como o S.TO.P. está a contribuir para ajudar a renovar o sindicalismo: o único sindicato na área da Educação com mandatos consecutivos finitos para os seus dirigentes, o único que antes das reuniões com a tutela apela a TODOS (sócios e não sócios) que contribuam com propostas para levarmos à reunião (só durante 2021 já tivemos 7 reuniões), o único na área da Educação que aprovou fundos de greve numa Assembleia, etc.

No final, como sempre, o S.TO.P. manifestou total disponibilidade em reunir com todos os sindicatos e/ou movimentos de trabalhadores para melhor prepararmos a defesa de quem trabalha nas Escolas.