Solidariedade com o SNP (ME volta a discriminar sindicatos)

0
118

O S.TO.P. teve conhecimento que o Sindicato Nacional dos Psicólogos (SNP) está a ser impedido de, em representação de psicólogos escolares, apresentar as suas reivindicações em audiência com responsáveis do Ministério da Educação (ME).

Relembrámos o ME que o SNP é um sindicato legal e que este não pode continuar a recusar reunir com os representantes legais de trabalhadores do próprio ME e enviámos também um email à direção do SNP a expressar a nossa solidariedade. Como é público o S.TO.P. durante 18 meses foi discriminado pelo ME (fomos o único sindicato que representa docentes que o ME se recusou a reunir como “castigo” à forte luta/greve que dinamizamos no final do ano letivo 2017/2018) e por isso, infelizmente, sabemos bem a injustiça dessa situação.

Ontem foi o S.TO.P., hoje é o SNP, amanhã poderão ser outros sindicatos discriminados e também por isso é fundamental que quem trabalha perceba que este tipo de ataque não é meramente ao sindicato lesado mas é um ataque a direitos civis básicos e a todo o movimento sindical. Tragicamente os sindicatos que ficam calados perante estes ataques, consciente ou inconscientemente, fazem o jogo de quem nos quer dividir para reinar.

Não contem com o S.TO.P. para esse tipo de jogo que só favorece quem quer continuar a explorar quem trabalha nas Escolas e na sociedade em geral: UM POR TODOS E TODOS POR UM!